in

5 Exercícios Caseiros Leves Para Liberação Miofascial

1. Como o BodyTRAC está trazendo a massagem de tecidos moles para o estúdio de fitness

Massagem com tecidos moles, rolagem de espuma e terapia de pontos de gatilho são tópicos importantes no mundo do fitness e por boas razões. Esses tipos de trabalhos com tecidos moles autoadministrados podem ajudar a impedir a formação de aderências (nós dolorosos) na fáscia dos músculos, ajudando a manter a amplitude de movimento e o desempenho do exercício, reduzindo a probabilidade de lesão ou dor crônica.

 

O único problema? A maioria das pessoas não sabe efetivamente usar esses tratamentos por conta própria. Eles precisam de um instrutor para orientá-los no passo a passo.

 

A boa notícia é que academias e estúdios estão começando a reconhecer a importância de oferecer essas aulas aos seus alunos. Por exemplo, o New York Health & Racquet Club começou a oferecer aulas de BodyTRAC aos membros em 2015 para ensinar aos participantes como realizar técnicas de massagem de tecidos moles, terapia de liberação miofascial, terapia de pontos de gatilho e respiração consciente com a ajuda de uma ferramenta Activ8R.

 

Os exercícios do BodyTRAC e outras técnicas de liberação miofascial não são projetadas para aumentar a força ou fazer você suar; ao contrário, aumentam o fluxo sanguíneo por todo o corpo, resultando em melhor movimento e maior amplitude de movimento. Por sua vez, os entusiastas do fitness podem esperar uma diminuição no tempo de recuperação de outros exercícios à medida que se envolvem nessa aula de terapia.

 

Enquanto a aula BodyTRAC atualmente é oferecida exclusivamente no New York Health & Racquet Club, você pode encontrar outras aulas semelhantes em sua academia local. Mesmo que não seja oferecida uma aula formal, pergunte se um treinador pode oferecer um seminário aos participantes interessados. A liberação miofacial e outras formas de terapia de tecidos moles estão rapidamente ganhando posição no mercado de fitness, portanto, você encontrará alguém que possa ajudá-lo a acompanhar o ritmo.

 

Para uma rotina doméstica, o Health & Racquet Club de Nova York compartilhou generosamente alguns exercícios simples da aula de BodyTRAC que você pode fazer em casa. Tudo que você precisa é de um Activ8R tracker ou um produto similar. Uma dica é colocar duas bolas de tênis em uma meia, amarrando um nó entre elas, para um efeito semelhante.

 

Para obter informações adicionais sobre o BodyTRAC e mais de 600 aulas semanais do New York Health & Racquet Club, visite NYHRC.com.

 

2. Alongamento de PSOAS (músculo do abdome)

 

  • Empilhe dois trackers duplos para se parecer com um “x” no chão, com o tracker superior posicionado na vertical, inclinado contra o tracker inferior.
  • Coloque os trackers empilhados no lado esquerdo ou direito do abdome, entre a caixa torácica e o osso da frente.
  • Deite-se sobre os trackers empilhados e abra os cotovelos, deitando a cabeça no chão.
  • Permaneça nessa posição por um a cinco minutos, gradualmente “pressionando” em qualquer ponto de dor.
  • Troque os lados do abdome e repita.

 

3. Coluna Vertebral (Músculos das costas)

 

  • Coloque um tracker duplo (ou as bolinhas de tênis amarradas com meias) ao longo das costas, na coluna vertebral, para que o espaço do tracker duplo fique posicionado sobre as vértebras.
  • Deite-se e role lentamente o tracker para cima e para baixo ao longo da coluna, ou em pequenas seções da coluna.
  • Você também pode empurrar o tracker de um lado para o outro para criar uma simulação de massagem shiatsu.
  • Este exercício pode ser feito contra uma parede, colocando o tracker duplo na parede e executando as técnicas acima.
  • Continue por um a cinco minutos.

 

4. Escápula (Omoplatas)

 

  • Coloque o tracker duplo verticalmente, entre a escápula e a espinha (como mostrado).
  • As técnicas aplicadas podem incluir pressionar o tracker duplo e/ou mover o braço do mesmo lado para encontrar e liberar qualquer tensão ou “nós” nos músculos que circundam a omoplata, incluindo os músculos do grande dorsal e trapézio.
  • Este exercício pode ser feito contra uma parede ou no chão.
  • Continue por um a cinco minutos antes de mudar de lado.

 

5. Glúteos

 

  • Sente-se em um tracker duplo, colocando o equipamento sob seus glúteos.
  • O rastreador duplo pode ser inclinado verticalmente, horizontalmente ou em qualquer outro ângulo no chão.
  • Role o tracker duplo para cima e para baixo nos glúteos, encontrando pontos de tensão e depois “pressionando” nesses pontos para ajudar a massagear e liberar os nós. Você pode reposicionar o tracker duplo ocasionalmente para poder rolar o equipamento em diferentes direções ou ângulos.
  • Continue por um a cinco minutos antes de mudar de lado.

Written by hello

Como usar o rolo de espuma após os exercícios

Usando Faixas Elásticas de Resistência para ganho de força