Benefícios da dança para a saúde física, mentais e emocional
Previous
RANDOM
Os 6 melhores chás para emagrecer e perder barriga
Next

12 benefícios da natação para seu corpo, saúde e qualidade de vida

por Isabela Ramirez on maio 13, 2020

Conheça os benefícios da natação para a saúde

 

Você provavelmente já ouviu falar que é recomendado fazer 150 minutos de atividade moderada ou 75 minutos de atividade intensa por semana. A natação é uma excelente maneira de exercitar todo o corpo e o sistema cardiovascular. Uma hora de natação queima quase tantas calorias quanto a corrida, sem o impacto nos ossos e articulações.

Há uma série de benefícios que você pode colher, nadando com frequência.

Continue lendo para aprender sobre os benefícios da natação e como incorporar a natação à sua rotina.

 

 

1. Trabalha todo o seu corpo

 

Um dos maiores benefícios da natação é que ela realmente coloca todo o seu corpo para funcionar, da cabeça aos pés. Ela:

 

  • aumenta sua frequência cardíaca sem forçar seu corpo
  • tonifica os músculos
  • desenvolve força
  • desenvolve resistência

 

Existem vários movimentos que você pode usar para variar seu treino de natação, incluindo:

 

  • bruços
  • costas
  • sidestroke
  • borboleta
  • estilo livre

 

Cada um deles se concentra em diferentes grupos musculares, e a água fornece uma resistência suave, evitando desgastes físicos associados à corrida. Não importa o estilo de nado, você usará a maioria dos grupos musculares só de mover o corpo pela água.

 

 

2. Também é boa para seus órgãos internos

 

Enquanto seus músculos estão ficando mais fortes, seu sistema cardiovascular também está. A natação fortalece o coração e os pulmões, e é tão boa para você que os pesquisadores dizem ser capaz de reduzir o risco de morte. Comparados com pessoas inativas, os nadadores têm cerca de metade do risco de morte

 

 

3. Pessoas com lesões, artrite e outras condições podem nadar, também

 

A natação pode ser uma opção de exercício seguro para pessoas com:

 

  • artrite
  • ferimentos
  • incapacidades físicas
  • outras questões que dificultam exercícios de alto impacto

 

A natação pode até ajudar a gerenciar a dor ou acelerar a recuperação de uma lesão. Um estudo mostrou que pessoas com osteoartrite relataram reduções significativas na dor e rigidez nas articulações e sofreram menos limitações físicas após se envolverem em atividades como natação e ciclismo.

 

E o mais interessante: acharam pouca ou nenhuma diferença nos benefícios entre os dois grupos. Assim, a natação parece ter muitos dos mesmos benefícios que os exercícios fora d’água prescritos com frequência, como corrida e ciclismo.

 

 

4. Faz milagres para asmáticos

 

O ambiente úmido das piscinas faz da natação uma ótima atividade para quem tem asma. Não apenas isso, mas exercícios associados ao esporte, como prender a respiração, podem te ajudar a expandir sua capacidade pulmonar e ganhar controle sobre sua respiração.

 

Entretanto, alguns estudos sugerem que a natação pode aumentar o risco de asma por causa dos produtos químicos usados ​​no tratamento de piscinas. Por isso, converse com seu médico sobre os riscos potenciais de nadar se você tem asma e, se possível, procure uma piscina que use água salgada em vez de cloro.

 

 

5. Também pode ser boa para quem tem esclerose múltipla

 

Pessoas com esclerose múltipla também podem colher benefícios ao praticar a natação. A água deixa os membros mais leves, ajudando a apoiá-los durante o exercício. A água também fornece uma resistência suave.

 

Uma pesquisa envolvendo programa de natação de 20 semanas indico redução significativa da dor em pessoas com esclerose múltipla. Essas pessoas também mostraram melhorias de sintomas como fadiga, depressão e incapacidade.

 

 

6. Queima calorias loucamente

 

A natação é uma das maneiras mais eficientes de queimar calorias. Uma pessoa de 80 kg queima aproximadamente 423 calorias por hora quando nada em um ritmo baixo ou moderado. Essa mesma pessoa pode queimar até 715 calorias por hora nadando em um ritmo mais intenso. Uma pessoa de 90kg que pratica as mesmas atividades queimaria entre 528 e 892 calorias por hora. Uma pessoa de 110 kg pode queimar entre 632 e 1.068.

 

Para comparar esses números com outras atividades populares de baixo impacto, a mesma pessoa de 80 kg queimaria apenas cerca de 314 calorias andando a 5,5 quilômetros por hora, por 60 minutos. Yoga pode queimar 183 calorias por hora. E o aparelho elíptico pode queimar 365 calorias nessa mesma hora.

 

 

7. Ajuda a dormir melhor

 

A natação pode te ajudar a ter uma noite de sono melhor. Em idosos com insônia, um estudo apontou o aumento na qualidade de vida e no sono após realizar exercícios aeróbicos regulares.

 

Quase metade dos idosos têm algum tipo de insônia, então isso é ótima notícia para eles. O estudo se concentrou em todos os tipos de exercícios aeróbicos, incluindo ciclismo, natação e dança.

 

A natação é acessível a uma grande variedade de pessoas que lidam com problemas físicos que tornam outros exercícios, como corrida, não recomendáveis. Isso pode tornar a natação uma boa opção para adultos mais velhos que desejam melhorar a qualidade do sono.

 

 

8. Melhora o seu humor

 

Pesquisadores avaliaram um pequeno grupo de pessoas com demência e observaram uma melhora no humor após praticar natação por 12 semanas. Natação e exercícios aquáticos não são apenas bons para a saúde mental de pessoas com demência. Eles são capazes de melhorar o amor de qualquer um.

 

 

9. Ajuda a gerenciar o estresse

 

Cientistas entrevistaram um grupo de nadadores imediatamente antes e depois de nadar. Das 101 pessoas pesquisadas, 44 relataram estar levemente deprimidas e sentirem estresse relacionado à vida em ritmo acelerado. Após nadar, o número de pessoas que relataram continuar estressadas foi reduzido a apenas 8.

 

Apesar de mais pesquisas serem necessárias nessa área, pesquisadores indicam que a natação é um jeito ótimo de aliviar o estresse rapidamente.

 

 

10. Até grávidas podem nadar a vontade!

 

Grávidas e seus bebês também podem aproveitar das recompensas da natação. Em estudos com animais, a natação de uma mãe-rato alterou o desenvolvimento cerebral de seus filhotes, podendo até proteger os bebês contra um tipo de problema neurológico chamado hipóxia-isquemia. Entretanto, mais pesquisas são necessárias nessa área.

 

Além dos benefícios potenciais para a criança, a natação é uma atividade que pode ser realizada nos três trimestres da gravidez, com tranquilidade, de acordo com outro estudo que não encontrou efeitos adversos da natação em piscinas – nem mesmo as tratadas com cloro – durante a gravidez.

 

Bem o contrário: grávidas que nadaram durante o início da gravidez tiveram um risco menor de parto prematuro e defeitos congênitos.

 

Lembre-se de que, embora a natação seja geralmente considerada segura durante a gravidez, algumas mulheres podem ter restrições de atividade devido a complicações individuais. Converse com seu médico antes de iniciar qualquer novo programa de exercícios durante a gravidez e, se tiver complicações, pergunte sobre atividades seguras.

 

 

11. Nadar é divertido e seguro para crianças

 

As crianças precisam de um mínimo de 60 minutos de exercícios aeróbicos todos os dias, mas isso não precisa ser um sofrimento. A natação é uma atividade divertida e pode passar despercebida, sem a rigidez de alguns treinos e esportes.

 

Seu filho pode fazer aulas de natação ou fazer parte de uma equipe. Colocar as crianças para nadar é uma ótima opção para colocá-las em movimento.

 

 

12. Natação é um dos esportes mais acessíveis

 

 

A natação também pode ser uma opção de exercício acessível em comparação com outras, como andar de bicicleta. Muitas piscinas e clubes têm mensalidades que cabem no orçamento, e algumas escolas públicas e outros centros sociais oferecem aulas de natação (ou o espaço para nadar) gratuitamente ou por um valor reduzido, de acordo com a sua renda.

 

Se você ainda estiver preocupado com os custos de entrar em um clube, consulte seu empregador ou seu seguro de saúde. Alguns oferecem estímulos ou reembolsos se você entrar em um programa de exercícios físicos.

 

Por onde começar

 

Para começar a nadar, primeiro você precisa encontrar uma piscina perto de você. Muitas academias e centros comunitários oferecem aulas de natação, ou outros esportes aquáticos. Você pode fazer uma lista das instalações da sua região com piscina e visitar para ver qual delas combina com seu estilo de vida e orçamento.

 

Prepare seus músculos

 

A partir daí, comece devagar. Pode ser até uma boa primeiro ir para a academia e apostar em um treino de força que exercite seus músculos antes de cair na água. Tente movimentos como flexões assistidas ou não, até repetições de dois dígitos. Se estiver com problemas, peça ajuda a um personal trainer.

 

Aulas de natação

 

Para quem nunca nadou antes, é bom começar com algumas aulas de natação, seja em particular ou em grupo. Nessas aulas, você aprenderá diferentes movimentos, técnicas de respiração e outras dicas úteis para aproveitar ao máximo seu treino.

 

Siga as regras da piscina

 

Quando estiver na água, observe as regras de conduta da piscina.. Muitas vezes, existem faixas lentas, médias e rápidas. Pergunte ao salva-vidas em qual faixa é qual e use a adequada para o seu ritmo.

 

Se você precisar ultrapassar alguém, faça-o no lado esquerdo. Ao entrar e sair da piscina, tente evitar criar ondas ou fazer algo que interfira com outros nadadores, como pular. Você também deve manter as unhas aparadas para evitar arranhar acidentalmente outros nadadores.

 

Riscos

A natação é segura para a maioria das pessoas. Mas como qualquer outro exercício, ela traz alguns riscos associados. Se você estiver ferido ou tiver certas condições médicas, consulte seu médico antes de nadar. Em geral, é uma boa ideia consultar seu médico sempre que iniciar um novo programa de exercícios, independentemente de qualquer coisa.

 

Pessoas com problemas de pele como a psoríase, por exemplo, podem sentir irritação na pele por causa do cloro da piscina. Nesses casos, visitar seu médico é a melhor solução, recebendo orientações específicas para você.

 

Nadando com segurança

 

As seguintes dicas de segurança para nadar podem ajudar a reduzir os riscos:

 

  • Nade nas áreas designadas para a natação, como piscinas e seções isoladas de lagos e outros corpos d’água. Se possível, nade em áreas supervisionadas por salva-vidas.
  • Se você não está nadando com a supervisão de salva-vidas, leve um amigo.
  • Considere fazer aulas de natação se você nunca nadou antes. Você pode se matricular em classes apropriadas para a sua idade.
  • Nadar ao ar livre? Use protetor solar com FPS de no mínimo 15 ou superior para proteger sua pele. Você também deve evitar nadar entre as 10 e 16 horas, quando o sol está mais alto no céu.
  • Não se esqueça de beber água, mesmo que não esteja com sede. Mesmo estando mergulhado na água, você ainda pode estar desidratado. Beba bastante água e evite bebidas alcoólicas ou com cafeína.
  • As crianças devem sempre ser supervisionadas quando perto da água. Nunca deixe as crianças nadar sozinhas para evitar o risco de afogamento.

 

Considerações finais

Se você está querendo começar um programa de exercícios ou está tentando experimentar algo novo, vá com tudo. A natação traz uma série de benefícios para sua mente, corpo e alma.

 

Depois de entender o básico, tente nadar de 20 a 40 minutos a um ritmo que mantenha a sua frequência cardíaca elevada. Não se esqueça de beber muita água e fazer pausas, se necessário. Acima de tudo, divirta-se!

 

Isabela Ramirez
NUTRICIONISTA/ Formada pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto em 2011