Sementes de gergelim: 15 benefícios das sementes de gergelim para saúde e nutrição 
Previous
RANDOM
babosa (Aloe vera): 8 Benefícios da babosa para a saúde
Next

Canela: 10 Principais benefícios da Canela para a sua saúde

por Isabela Ramirez on maio 22, 2020

10 benefícios da canela para a saúde, baseados em evidências científicas

 

Canela é um tempero altamente delicioso.

Ela é apreciada por suas propriedades medicinais há milhares de anos.

A ciência moderna agora confirmou o que as pessoas sabem há séculos.

 

Quais os benefícios da canela para a saúde?

Confira agora 10 benefícios da canela para a saúde, confirmados por pesquisas científicas.

1. Canela é rica em uma substância com propriedades medicinais poderosas

A canela é uma especiaria feita a partir da casca interna de árvores, cientificamente conhecida como Cinnamomum.

Tem sido usada como um ingrediente ao longo da história, que remonta ao Egito Antigo. Costumava ser rara e valiosa e era considerada um presente adequado para os reis.

Hoje em dia, a canela é barata, disponível em todos os supermercados e encontrada como ingrediente em vários alimentos e receitas.

Existem dois tipos principais de canela:

  • Canela de Ceilão: Também conhecida como canela “verdadeira”.
  • Canela Cassia: A variedade mais comum hoje em dia e o que as pessoas geralmente chamam de “canela”.

A canela é feita cortando os caules das árvores de canela. A casca interna é então extraída e as partes lenhosas removidas.

Quando seca, forma tiras que se enrolam em rolos, chamados paus de canela. Esses palitos podem ser moídos para formar canela em pó.

O cheiro e o sabor distintos da canela são devidos à parte oleosa, que é muito alta no composto cinamaldeído.

Os cientistas acreditam que este composto é responsável pela maioria dos efeitos poderosos do canela na saúde e no metabolismo.

 

A canela é um tempero popular. É rico em cinamaldeído, que é considerado responsável pela maioria dos benefícios para a saúde do canela.

 

2. Canela é rica em antioxidantes

Antioxidantes protegem seu corpo contra danos oxidativos causados ​​pelos radicais livres.

A canela é carregada com poderosos antioxidantes, como os polifenóis.

Em um estudo que comparou a atividade antioxidante de 26 especiarias, a canela acabou sendo a vencedora, até superando “superalimentos” como alho e orégano.

De fato, é tão poderoso que a canela pode ser usada como conservante natural de alimentos.

 

A canela contém grandes quantidades de antioxidantes polifenóis altamente potentes.

 

3. Canela tem propriedades anti-inflamatórias

A inflamação é incrivelmente importante.

Ajuda seu corpo a combater infecções e reparar danos nos tecidos.

No entanto, a inflamação pode se tornar um problema quando é crônica e direcionada contra os tecidos do próprio corpo.

Canela pode ser útil nesse sentido. Estudos mostram que esse tempero e seus antioxidantes têm propriedades anti-inflamatórias potentes.

 

Os antioxidantes da canela têm efeitos anti-inflamatórios, que podem ajudar a diminuir o risco de doenças.

4. Canela pode reduzir o risco de doença cardíaca

A canela tem sido associada a um risco reduzido de doenças cardíacas, a causa mais comum de morte prematura no mundo.

Em pessoas com diabetes tipo 2, 1 grama ou cerca de meia colher de chá de canela por dia demonstrou ter efeitos benéficos nos marcadores sanguíneos.

Reduz os níveis de colesterol total, colesterol LDL “ruim” e triglicerídeos, enquanto o colesterol HDL “bom” permanece estável.

Mais recentemente, um grande estudo de revisão concluiu que uma dose de canela de apenas 120 mg por dia pode ter esses efeitos. Neste estudo, a canela também aumentou os níveis de colesterol HDL “bom”.

Em estudos com animais, a canela demonstrou reduzir a pressão arterial.

Quando combinados, todos esses fatores podem reduzir drasticamente o risco de doença cardíaca.

 

A canela pode melhorar alguns fatores de risco chave para doenças cardíacas, incluindo colesterol, triglicerídeos e pressão arterial.

 

5. Canela pode melhorar a sensibilidade à insulina hormonal

A insulina é um dos principais hormônios que regulam o metabolismo e o uso de energia.

Também é essencial para o transporte de açúcar no sangue da corrente sanguínea para as células.

O problema é que muitas pessoas são resistentes aos efeitos da insulina.

Isso é conhecido como resistência à insulina, uma marca registrada de doenças graves, como síndrome metabólica e diabetes tipo 2.

A boa notícia é que a canela pode reduzir drasticamente a resistência à insulina, ajudando esse importante hormônio a fazer seu trabalho.

Ao aumentar a sensibilidade à insulina, a canela pode diminuir os níveis de açúcar no sangue, conforme discutido no próximo capítulo.

Foi demonstrado que a canela aumenta significativamente a sensibilidade ao hormônio insulina.

 

6. Canela reduz os níveis de açúcar no sangue e tem um poderoso efeito antidiabético

A canela é conhecida por suas propriedades redutoras de açúcar no sangue.

Além dos efeitos benéficos na resistência à insulina, a canela pode diminuir o açúcar no sangue por vários outros mecanismos.

Primeiro, a canela demonstrou diminuir a quantidade de glicose que entra na corrente sanguínea após uma refeição.

Isso é feito interferindo em inúmeras enzimas digestivas, o que diminui a quebra de carboidratos no trato digestivo.

Segundo, um composto de canela pode atuar nas células imitando a insulina.

Isso melhora muito a captação de glicose pelas células, embora atue muito mais lentamente que a própria insulina.

Numerosos estudos em humanos confirmaram os efeitos antidiabéticos da canela, mostrando que ela pode diminuir os níveis de açúcar no sangue em jejum de 10 a 29%.

A dose eficaz é tipicamente 1 a 6 gramas ou cerca de 0,5 a 2 colheres de chá de canela por dia.

Para obter mais informações sobre como reduzir os níveis de açúcar no sangue, confira 15 maneiras fáceis de diminuir os níveis de açúcar no sangue naturalmente.

 

Foi demonstrado que a canela reduz os níveis de açúcar no sangue em jejum, tendo um potente efeito antidiabético em 1 a 6 gramas ou 0,5 a 2 colheres de chá por dia.

 

7. Canela pode ter efeitos benéficos em doenças neurodegenerativas

As doenças neurodegenerativas são caracterizadas pela perda progressiva da estrutura ou função das células cerebrais.

Alzheimer e doença de Parkinson são dois dos tipos mais comuns.

Dois compostos encontrados na canela parecem inibir o acúmulo de uma proteína chamada tau no cérebro, que é uma das características da doença de Alzheimer.

Em um estudo em ratos com doença de Parkinson, a canela ajudou a proteger os neurônios, os níveis normalizados de neurotransmissores e a função motora melhorada.

Esses efeitos ainda precisam ser mais estudados em humanos.

 

A canela demonstrou levar a várias melhorias para a doença de Alzheimer e Parkinson em estudos com animais. No entanto, falta pesquisa humana.

 

8. Canela pode proteger contra o câncer

O câncer é uma doença grave, caracterizada pelo crescimento descontrolado das células.

A canela tem sido amplamente estudada por seu potencial uso na prevenção e tratamento do câncer.

No geral, as evidências são limitadas a estudos em tubo de ensaio e em animais, que sugerem que os extratos de canela podem proteger contra o câncer.

Atua reduzindo o crescimento de células cancerígenas e a formação de vasos sanguíneos nos tumores e parece ser tóxico para as células cancerígenas, causando a morte celular.

Um estudo realizado em camundongos com câncer de cólon revelou que a canela é um potente ativador de enzimas desintoxicantes no cólon, protegendo contra um maior crescimento do câncer.

Esses achados foram corroborados por experimentos com tubos de ensaio, que mostraram que a canela ativa respostas antioxidantes protetoras em células do cólon humano.

Se a canela tem algum efeito na vida, a respiração humana precisa ser confirmada em estudos controlados.

 

Os estudos em animais e tubos de ensaio indicam que a canela pode ter efeitos protetores contra o câncer.

9. Canela ajuda a combater infecções bacterianas e fúngicas

O cinamaldeído, um dos principais componentes ativos da canela, pode ajudar a combater vários tipos de infecção.

O óleo de canela demonstrou tratar efetivamente infecções do trato respiratório causadas por fungos.

Também pode inibir o crescimento de certas bactérias, incluindo Listeria e Salmonella.

No entanto, as evidências são limitadas e até agora não foi demonstrado que a canela reduza infecções em outras partes do corpo.

Os efeitos antimicrobianos da canela também podem ajudar a prevenir a cárie dentária e reduzir o mau hálito.

 

10. Canela pode ajudar a combater o vírus HIV

O HIV é um vírus que destrói lentamente seu sistema imunológico, o que pode levar à AIDS, se não for tratado.

Pensa-se que a canela extraída das variedades de Cassia ajude a combater o HIV-1, a cepa mais comum do vírus HIV em humanos.

Um estudo de laboratório que analisou células infectadas pelo HIV descobriu que a canela era o tratamento mais eficaz de todas as 69 plantas medicinais estudadas.

Ensaios em humanos são necessários para confirmar esses efeitos.

 

Os estudos em tubo de ensaio mostraram que a canela pode ajudar a combater o HIV-1, o principal tipo de vírus do HIV em humanos.

 

É melhor usar Ceilão (canela “verdadeira”)

Nem toda a canela é criada da mesma forma.

A variedade Cassia contém quantidades significativas de um composto chamado cumarina, que se acredita ser nocivo em grandes doses.

Toda canela deve ter benefícios à saúde, mas a Cássia pode causar problemas em grandes doses devido ao conteúdo de cumarina.

O Ceilão (canela “verdadeira”) é muito melhor nesse sentido, e estudos mostram que é muito menor em cumarina do que a variedade Cassia.

Infelizmente, a maior parte da canela encontrada nos supermercados é a variedade mais barata, Cassia.

Você pode encontrar o Ceilão em algumas lojas de produtos naturais, e há uma boa seleção na Amazon.

 

Conclusão

Em resumo, a canela é uma das especiarias mais deliciosas e saudáveis ​​do planeta.

Pode diminuir os níveis de açúcar no sangue, reduzir os fatores de risco para doenças cardíacas e tem uma infinidade de outros benefícios impressionantes para a saúde.

Procure usar a canela de Ceilão ou, se estiver usando a variedade Cassia, use pequenas doses.

Isabela Ramirez
NUTRICIONISTA/ Formada pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto em 2011