Alimentação saudável: cardápio, dicas, importância, como ter
Previous
RANDOM
A Dieta da USP Original: Como Funciona, Cardápio e Dicas
Next

Dieta da Sopa emagrece rápido, é fácil e barata

por Isabela Ramirez on abril 7, 2020

O que é a dieta da sopa?

A dieta da sopa não é uma mera dieta, e sim uma coleção de planos alimentares que prometem emagrecimento rápido. Em algumas dessas dietas, o único alimento liberado é sopa. Em outros, ela é apenas a base alimentar, mas você pode incluir outros alimentos prescritos.

 

Essas dietas podem durar de cinco a dez dias, no máximo.

 

O que dizem os especialistas

“A idéia de comer sopa para emagrecer já existe há décadas, mas os especialistas afirmam que uma dieta apenas de sopa não fornece todos os nutrientes, nem é sustentável. Mas eles concordam que pode ser uma boa alternativa comer sopas em algumas refeições, pois elas enchem o estômago, são ricas em nutrientes e têm poucas calorias.” Chrissy Carroll, nutricionista.

 

Benefícios

Dietas de sopa não são novidade. Nos anos 80, ficou popular a dieta da sopa de repolho, um dos primeiros planos alimentares baseados em sopa. Conforme esse plano, cozinhava-se uma receita específica de sopa de repolho para consumir por sete dias, na esperança de perder 10 quilos.

 

Desde então, outras dietas de sopa surgiram, adaptadas à diversos estilos de vida e alimentação. Por exemplo, existem planos de sopa cetogênicos, paleo, vegetarianos e à base de feijão. Todos esses planos prometem emagrecimento rápido.

 

Algumas pesquisas mostraram que comer sopa pode ajudá-lo a comer menos no geral e, como resultado, perder peso. De acordo com um estudo de 2011, a ingestão de sopa foi associada a um menor índice de massa corporal (IMC) e menor circunferência abdominal. No entanto, o estudo estudou apenas 103 homens japoneses, sendo portanto bem limitado.

 

Outro estudo americano encontrou conexões entre consumo de sopa e menor peso. Os autores concluíram que o consumo de sopa pode trazer muitos benefícios para o controle de peso. Entretanto, tanto esse estudo quanto o japonês não investigaram dietas baseadas no consumo exclusivo de sopa. Ainda é preciso estudar esse tipo particular de dieta.

 

A dieta da sopa pode até funcionar para algumas pessoas, mas profissionais de saúde não a recomendam porque é restritiva demais.

 

Como funciona

Existem muitas versões da dieta da sopa. Listamos aqui apenas algumas das mais conhecidas. Mas vale ressaltar que não é porque são conhecidas que se tornam saudáveis ou eficazes na perda de peso.

 

Dieta básica da sopa

Na dieta básica da sopa, está liberado o consumo de qualquer tipo de sopa. Isso significa que você pode aproveitar as sopas cremosas e os caldos, e podem ser tanto caseiras quanto industrializadas. Alguns planos incentivam a escolha por sopas feita com carne e à base de plantas. Outras dietas podem recomendar uma receita específica de sopa emagrecedora, com instruções próprias.

 

A maioria das dietas básicas para sopa dura sete dias, mas outras podem durar até duas semanas. Relatos online alegam que você pode perder bastante peso nesse período.

 

Dieta da sopa de repolho

Apesar do nome, a sopa de repolho promovida por essa dieta contém outros ingredientes, como tomate, cebola, cenoura e um caldo de frango ou vegetais. Essa dieta emagrecedora dura sete dias, e a maioria das fontes afirmam que o emagrecimento promovido é de até 4,5kg, desde que você siga o programa direitinho.

 

Enquanto estiver na dieta da sopa de repolho, alguns alimentos serão permitidos e outros proibidos (ou pelo menos deve tentar evitá-los). A maioria dos planos libera os alimentos como carne e leite desnatado, e restringe alimentos como bananas.

 

Esta dieta nada fala sobre atividade física ou um plano de transição para uma alimentação saudável a longo prazo.

 

A dieta do Sagrado Coração

Nessa dieta emagrecedora, você consome uma sopa feita de carne ou frango, feijão verde, aipo, tomate, cebola e cenoura. Quando a dieta se popularizou, defensores espalharam que ela vinha de um centro médico chamado Sagrado Coração. Entretanto, essas alegações nunca foram comprovadas.

 

De acordo com seus defensores, seguindo esse plano pode pode perder de 4 a 8 quilos em sete dias. Alguns alimentos são permitidos além da sopa, como sucos de frutas sem açúcar, arroz integral, batatas e tomates. Entretanto, as quantidades e dias em que são consumidos são controlados, e devem seguir certas medidas.

 

Esta dieta nada fala sobre atividade física ou um plano de transição para uma alimentação saudável a longo prazo.

 

Programa da sopa de feijão

Essa dieta emagrecedora promove a alimentação através de uma sopa de feijão feita com cogumelos, pimentão, tomate, pimentão, aipo e… claro, feijão. Essa é uma receita muito mais complexa do que a maioria.

 

Para seguir o programa, você consome a sopa duas vezes ao dia, constituindo suas refeições principais. Além disso, deve beber bastante água e evitar (ou limitar) frutas secas, nozes, sementes e abacates. Isso porque esta dieta reduz o consumo de óleos, te incentivando a comer mais alimentos não gordurosos e à base de planta.

 

Dieta da sopa cetogênica

Nem toda dieta de sopa pode ser adotada por seguidores da dieta cetogênica, paleo ou low carb em geral. Uma dieta cetogênica, entretanto, atende a todos esses grupos. Ela dura cinco dias e fornece de 1.200 a 1.400 calorias diárias, com limite máximo de 20g de carboidrato. Alguns alimentos como nozes e derivados do leite estão totalmente fora de questão.

 

A sopa é feita com ingredientes como bacon, azeite, tomate seco, vinho tinto, abóbora e feijão verde. É possível substituir algumas coisas, mas é recomendado evitar vegetais como couve, porque podem “impedir a perda de peso”. No entanto, essa recomendação é feita pelos defensores da dieta na internet, e não tem qualquer apoio científico.

 

O que comer

Como vimos, existem muitos tipos de dietas da sopa. Cada um tem sua própria idéia do que é uma sopa para emagrecer, e limitam ou incentivam determinados alimentos. Embora cada plano seja único, observamos certas tendências.

 

Alimentos recomendados

  • Caldo de galinha, carne ou vegetais
  • Vegetais verdes, como feijão verde e aipo
  • Tomates
  • Temperos

 

Alimentos não recomendados

  • Doces, como sorvetes, tortas e balas
  • Lanches altamente processados, incluindo batatas fritas e biscoitos
  • Derivados do leite, como creme, queijo e sorvete

 

Caldos

No geral, todas as sopas requerem caldos em sua base, como caldo de galinha, carne ou legumes.

 

Legumes

As dietas de sopa que seguem o estilo low carb priorizam vegetais com índice glicêmico mais baixo. Isso inclui nabos, couve-flor e couve. Geralmente, essas dietas evitam vegetais ricos em carboidratos, como cenouras.

 

Derivados do leite

Quase nenhum dos planos permite o consumo de laticínios. Isso significa nada de café com leite, ou um copo de leite antes de dormir. Alguns planos liberam o leite desnatado, mas mesmo assim apenas alguns dias da semana.

 

Alimentos processados e doces

Não vá esperando encontrar lanches, biscoitos, doces ou outras besteiras em qualquer um desses planos. Quase todos os alimentos processados estão fora de questão.

 

Quando comer

Na maioria das dietas de sopa, você coma três refeições por dia. Várias delas recomendam que você tome sopa em TODAS as refeições, incluindo café da manhã. Outras permitem que uma refeição normal. Mas a maioria dos planos não estabelecem um horário recomendado para consumir a comida.

 

Algumas (não todas) as dietas limitam ou proíbem os lanchinhos paralelos.

 

Dicas de culinária

Se você decidir entrar em uma dieta de sopa, vai achar vários cardápios online. Para facilitar o processo, determine quando vai começar a dieta e um dia antes reúna os ingredientes e cozinhe sua sopa. Se o programa exigir que você consuma uma porção específica, deixe tudo já medido e separado em recipientes, para que você possa rapidamente acessar cada porção na hora que precisar.

 

Modificações

Aqueles com necessidades nutricionais diferentes podem, é claro, adaptar a dieta. Se você precisa reduzir a ingestão de sódio, por exemplo, pode optar por sopas com menos desse mineral. Caso você cozinhe a sopa você mesmo, é só escolher um caldo com teor de sódio reduzido, ou fazer você mesmo seus caldos usando vegetais frescos ou congelados.

 

Considerações finais

 

Nutrição geral

Se você não costuma comer vegetais, a dieta da sopa pode ser uma mão na roda, porque ajudará a consumir mais vegetais ricos em nutrientes. Recomendações gerais de saúde sugerem o consumo de pelo menos cinco porções de vegetais por dia, e as sopas podem ajudar a preencher essas porções.

 

Se a sua dieta de sopa incluir uma receita sem carne, além dos benefícios gerais da dieta da sopa, você vai colher os benefícios de uma alimentação à base de plantas. Estudos indicam que dietas sem produtos animais reduzem o risco de doenças cardíacas e outras condições. Mas vale lembrar que seguir uma alimentação dessas por apenas uma semana não gerará um impacto verdadeiro na sua saúde, a longo prazo.

 

Sustentabilidade e praticidade

O principal problema de seguir uma dieta de sopa é que ela não é das mais fáceis de manter. Isso é de se esperar, porque o objetivo dela não é ser mantida, e sim servir como uma dieta emagrecedora rápida, de no máximo 10 dias. Em um período tão curto, você perde uma quantidade grande de peso, mas provavelmente vindo da perda de água, e não de gordura.

 

O uso de sopa para emagrecer não é muito diferente de outras monodietas – dietas de consumo de apenas um grupo alimentar. Por exemplo, existem dietas de pizza, dietas de smoothie, suco e até dieta de taco. Quase todas prometem perda substancial de peso rapidamente, mas não são sustentáveis, nem saudáveis, porque limitam a capacidade de obter todos os nutrientes necessários pelo corpo.

 

Se você decidir adotar uma dessas dietas e perder bastante peso em uma ou duas semanas, é provável que o peso todo volte quando você sair da dieta.

 

Energia e saúde

Ao contrário de outras dietas por aí, é possível consumir calorias suficientes para emagrecer na dieta da sopa. Os programas geralmente indicam o consumo de 1.200 a 1.400 calorias por dia, o que, para mulheres tentando emagrecer, é um objetivo razoável.

 

No entanto, se você é ativo fisicamente, pode precisar de mais energia do que isso. A quantidade de calorias que você precisa é única, e tem a ver com seu estilo de vida, sexo e tamanho. Antes de começar qualquer dieta, obtenha uma recomendação individualizada de quantas calorias você precisa consumir, e a cumpra.

 

Restrições alimentares

 

Muitas das dietas de sopa são low carb – com baixo teor de carboidratos. Se você tem diabetes ou monitora a ingestão de carboidratos, pode não ser uma boa dieta para o seu caso. Dependendo de qual das dietas você escolhe, pode ser que também falte proteína e gordura. Por exemplo, a dieta do feijão restringe muito gorduras, enquanto a do Sagrado Coração carece de proteínas. Verifique sempre com um médico antes de começar uma nova dieta.

 

Uma palavrinha

Uma tigela quentinha e gostosa de sopa de legumes é um complemento saudável para qualquer dieta, mas um plano alimentar que corta grupos inteiros de alimentos não é recomendado, nem para emagrecimento nem para o bem-estar.

 

Se você adora sopa e quer colher os benefícios de uma dieta à base de plantas, faça sopinhas em casa e incorpore-as a outras refeições nutritivas para alcançar e manter seu peso ideal.

 

Isabela Ramirez
NUTRICIONISTA/ Formada pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto em 2011