in ,

Magnésio Dimalato beneficios e maleficios, para que serve, e como tomar

O que é o magnésio dimalato e quais seus benefícios?

O Magnésio Dimalato é um mineral essencial

 

O magnésio é um mineral importante que desempenha um papel fundamental em quase todos os aspectos da sua saúde.

 

Embora seja encontrado naturalmente em uma variedade de alimentos, muitas pessoas tomam suplementos para ajudar a aumentar sua ingestão.

 

No entanto, determinar qual o tipo de suplemento de magnésio a ser tomado pode ser difícil, pois existem vários tipos disponíveis.

 

Neste artigo você vai encontrar tudo o que precisa saber sobre um suplemento chamado magnésio dimalato, incluindo seus benefícios potenciais, efeitos colaterais e recomendações de dosagem.

 

O que é o magnésio dimalato?

O magnésio dimalato é um composto produzido pela combinação de magnésio com ácido málico.

O ácido málico é encontrado em muitas frutas e é responsável pelo sabor azedo.

 

Acredita-se que o magnésio dimalato seja melhor absorvido do que outras formas de suplementos de magnésio.

 

Um estudo em ratos comparou vários suplementos de magnésio e descobriu que o magnésio dimalato fornecia o magnésio mais biodisponível.

 

Isso significa que mais magnésio foi absorvido e disponível para uso quando os ratos receberam magnésio dimalato, em comparação com outros tipos de suplementos.

 

Por esse motivo, o magnésio dimalato é usado para tratar muitas condições diferentes que o magnésio deve ajudar, incluindo enxaquecas, dor crônica e depressão.

 

Magnésio Dimalato para que serve: Usos comuns

Pesquisas mostram que a maioria dos adultos nos Estados Unidos consome menos magnésio do que o recomendado.

 

Você pode tomar magnésio dimalato para ajudar a aumentar sua ingestão de magnésio. Isso pode ajudar a prevenir a deficiência de magnésio se você não estiver recebendo o suficiente em sua dieta.

 

Muitas pessoas também usam suplementos de magnésio para ajudar a prevenir ou tratar dores de cabeça e enxaquecas, um tipo de dor de cabeça recorrente que varia em gravidade e pode causar efeitos colaterais como náusea e sensibilidade à luz.

 

O magnésio dimalato também pode ser usado para ajudar a promover movimentos intestinais regulares. Pode atuar como um laxante, atraindo água para o intestino e estimulando o movimento dos alimentos pelo trato digestivo.

 

O suplemento também age como um antiácido natural, um tipo de medicamento usado para tratar azia e aliviar dores de estômago.

 

Resumo

O magnésio dimalato pode ajudar a aumentar sua ingestão de magnésio e prevenir a deficiência. Também pode ajudar a prevenir dores de cabeça e agir como um laxante natural e antiácido.

 

Benefícios potenciais

Muitos estudos demonstraram os benefícios potenciais do magnésio.

 

Embora nem todos estejam focados no magnésio dimalato, é bastante provável que os mesmos benefícios do magnésio são aplicáveis para a variação que estamos abordando. No entanto, são necessárias mais pesquisas especificamente sobre o magnésio dimalato.

 

Você vai ver agora alguns dos benefícios que podem estar associados ao magnésio dimalato.

 

Pode aumentar o humor

O magnésio tem sido usado para tratar a depressão desde a década de 1920.

Curiosamente, um estudo em 8.894 adultos descobriu que uma ingestão muito baixa de magnésio estava associada a um maior risco de depressão.

 

Algumas pesquisas descobriram que tomar magnésio poderia ajudar a prevenir a depressão e melhorar o humor.

 

Por exemplo, um estudo em 23 idosos com diabetes e baixo nível de magnésio descobriu que tomar 450 mg de magnésio por dia durante 12 semanas melhorou os sintomas da depressão tão efetivamente quanto um antidepressivo.

 

Outra revisão de 27 estudos mostrou que uma maior ingestão de magnésio estava ligada à diminuição dos sintomas de depressão, sugerindo que tomar suplementos orais poderia ajudar a melhorar a saúde mental.

 

Pode melhorar o controle de açúcar no sangue

Estudos mostram que uma maior ingestão de magnésio pode estar associada a um menor risco de diabetes tipo 2.

 

Tomar suplementos de magnésio também pode ajudar a melhorar o controle do açúcar no sangue e a sensibilidade à insulina.

 

A insulina é o hormônio responsável pelo transporte de açúcar da corrente sanguínea para os tecidos. O aumento da sensibilidade à insulina pode ajudar seu corpo a usar esse importante hormônio com mais eficiência para manter os níveis de açúcar no sangue sob controle.

 

Uma grande revisão de 18 estudos mostrou que tomar suplementos de magnésio reduziu os níveis de açúcar no sangue em pessoas com diabetes. Também aumentou a sensibilidade à insulina em pessoas com risco de desenvolver diabetes.

 

Outro estudo de três meses constatou que, quando 71 crianças com diabetes tipo 1 ingeriram 300 mg de óxido de magnésio por dia, seus níveis de hemoglobina A1c diminuíram 22%. A hemoglobina A1c é um marcador do controle a longo prazo do açúcar no sangue.

 

Pode melhorar o desempenho do exercício

O magnésio desempenha um papel central na função muscular, produção de energia, absorção de oxigênio e equilíbrio eletrolítico, fatores importantes na hora do exercício.

 

Vários estudos mostram que tomar suplementos de magnésio pode aumentar o desempenho físico.

Um estudo em animais descobriu que o magnésio melhorou o desempenho do exercício.

 

Ele aumentou a disponibilidade de energia para as células e ajudou a eliminar o lactato dos músculos. O lactato pode se acumular com o exercício e contribuir para a dor muscular.

 

Um estudo de quatro semanas em 25 jogadores de voleibol mostrou que tomar 350 mg de magnésio por dia reduziu a produção de lactato e melhorou o desempenho de saltos e oscilações de braço.

 

Além disso, o ácido málico também foi estudado por sua capacidade de promover a recuperação muscular e reduzir a fadiga em atletas de resistência.

 

Pode ajudar a reduzir a dor crônica

A fibromialgia é uma condição crônica que causa dor e sensibilidade muscular em todo o corpo.

 

Algumas pesquisas sugerem que o magnésio dimalato pode ajudar a reduzir os sintomas da fibromialgia.

 

Um estudo em 80 mulheres descobriu que os níveis sanguíneos de magnésio tendem a ser mais baixos naqueles com fibromialgia.

 

Quando as mulheres tomaram 300 mg de citrato de magnésio por dia durante 8 semanas, os sintomas e o número de pontos sensíveis sofreram uma diminuição significativa, em comparação com um grupo de controle.

 

Além disso, um estudo de 2 meses em 24 pessoas com fibromialgia constatou que a ingestão de 3 a 6 comprimidos, cada um contendo 50 mg de magnésio e 200 mg de ácido málico, reduzia duas vezes ao dia a dor e a sensibilidade.

 

No entanto, outras pesquisas produziram resultados conflitantes. De fato, uma revisão recente de 11 estudos concluiu que o uso de magnésio e ácido málico teve pouco ou nenhum efeito sobre os sintomas da fibromialgia.

 

Resumo

Estudos mostram que o magnésio pode ajudar a melhorar seu humor, controle de açúcar no sangue e desempenho dos exercícios. Também pode reduzir os sintomas da fibromialgia, embora os resultados da pesquisa sejam variados.

 

Efeitos secundários potenciais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns da ingestão de magnésio dimalato incluem náusea, diarreia e cãibras no estômago, especialmente quando ingeridos em grandes quantidades.

 

Também se demonstrou que doses acima de 5.000 mg por dia causam toxicidade, o que pode causar sintomas graves, incluindo pressão arterial baixa, rubor facial, fraqueza muscular e problemas cardíacos.

 

O magnésio dimalato também pode interferir com certos medicamentos, incluindo diuréticos, antibióticos e bisfosfonatos, um tipo de medicamento usado para prevenir a perda óssea.

 

Portanto, se você estiver tomando algum desses medicamentos ou tiver outras condições de saúde subjacentes, é melhor conversar com seu médico antes de começar a tomar suplementos.

 

Resumo

O magnésio dimalato pode causar efeitos colaterais como náusea, diarreia e cólicas estomacais. Também pode ser tóxico em doses muito altas e pode interferir com certos tipos de medicamentos.

 

Dosagem

A quantidade de magnésio necessária todos os dias varia de acordo com sua idade e sexo.

A tabela a seguir mostra a ingestão diária recomendada (IDR) de magnésio para bebês, crianças e adultos:

Idade Homem Mulher
0-6 meses 30 mg 30 mg
7-12 meses 75 mg 75 mg
1-3 anos 80 mg 80 mg
4-8 anos 130 mg 130 mg
9-13 anos 240 mg 240 mg
14-18 anos 410 mg 360 mg
19-30 anos 400 mg 310 mg
31-50 anos 420 mg 320 mg
Mais de 51 anos 420 mg 320 mg

 

A maioria das pessoas pode suprir suas necessidades de magnésio comendo alimentos ricos em magnésio, como abacates, vegetais de folhas verdes, nozes, sementes, legumes e grãos integrais.

 

No entanto, se você não conseguir atender às suas necessidades devido a restrições alimentares ou certos problemas de saúde, tomar magnésio dimalato pode ser benéfico.

 

A maioria dos estudos descobriu que doses de 300 a 450 mg de magnésio por dia podem ser benéficas para a saúde.

Geralmente, a maioria dos suplementos contém 100 a 500 mg de magnésio.

 

O ideal é que você comece com uma dose baixa e avance para avaliar sua tolerância.

Também é melhor tomar magnésio dimalato nas refeições para ajudar a reduzir o risco de efeitos colaterais negativos, como diarreia e problemas digestivos.

 

Resumo

A maioria dos adultos saudáveis ​​precisa de 310 a 420 mg de magnésio diariamente. Isso pode vir de uma combinação de fontes de alimentos e suplementos. Estudos mostram que o magnésio em doses de 300 a 450 mg por dia pode beneficiar sua saúde.

 

Conclusão

O magnésio dimalato é um suplemento alimentar comum que combina magnésio e ácido málico.

Pode estar ligado a vários benefícios à saúde, incluindo melhorias no humor, controle de açúcar no sangue, desempenho no exercício e dor crônica.

Quando usado em combinação com uma dieta saudável rica em alimentos ricos em magnésio, o magnésio dimalato pode ajudar a aumentar a ingestão desse importante mineral e proporcionar vários benefícios à saúde.

Written by hello

Glutamina: para que serve, benefícios, é, como tomar

Chá de hibisco: benefícios, para que serve, e como fazer