10 maneiras cientificamente comprovadas de acelerar o metabolismo
Previous
RANDOM
Pilates emagrece mesmo? 10 Benefícios do Pilates que você precisa saber!
Next

Pular corda: Benefícios de pular corda para o corpo (e como praticar)

por Isabela Ramirez on maio 13, 2020

Pular corda: benefícios que você provavelmente não conhece

 

Pular corda? Isso não é coisa de boxeadores e, er… garotinhas?

 

Bem, acredite ou não, o simples ato de pular corda pode fazer mais por você do que correr! Sem falar que pular corda é fácil de fazer em qualquer lugar. Basta colocar uma corda de pular na sua mochila ou bolsa e voilá! Pode levar para qualquer viagem, para o trabalho, para a escola ou para a sala de estar enquanto você cuida dos seus filhos – ou assiste TV.

 

Para começar a pular corda, vá até a loja de artigos esportivos mais próxima e compre uma corda. Apesar do ideal ser não usar essas cordas de brinquedo que você acha em qualquer mercado, se elas forem sua única opção, vá em frente.

 

As cordas de plástico são geralmente usadas em academias e são um pouco mais fáceis de usar se quiser maior velocidade. Depois de ter sua corda, verifique se ela se encaixa confortavelmente. A maioria das cordas varia de 250 a 300 cm de comprimento. Você pode cortá-la para que fique adequada ao seu corpo, mas uma vez cortada, não tem volta.

 

Fique no meio da corda e segure as alças confortavelmente na altura da cintura. Ajuste de acordo.

 

Escolha uma superfície plana e agradável para pular como um tapete ginástica ou piso de concreto. Algo que ceda um pouco será mais confortável, mas se você escolher uma superfície gramada ou suja, verifique se não há pedras, gravetos, grama muito comprida, aquele tipo de coisa desagradável que pode te machucar durante o exercício.

 

Os benefícios de pular corda são muitos. Aqui estão alguns que você talvez não conheça:

 

 

1. Melhora a coordenação

Isso mesmo! Pular corda realmente melhora sua coordenação, fazendo você se concentrar nos seus pés. Independentemente de você estar prestando atenção neles, seu cérebro está ciente do que seus pés estão fazendo. Essa prática, repetidamente, torna seu movimento mais leve. Você vai cair participar de uma corrida de obstáculos super difícil? Pular corda pode ajudar. De acordo com o guia de boxe da expertboxing.com, “quanto mais truques você fizer com a corda, mais consciente e coordenado você terá que ser”.

 

 

2. Diminui lesões nos pés e tornozelos

Pular corda auxilia a quem pratica outros esportes. Muitos atletas de basquete, tênis, futebol e outros esportes acabando sofrendo lesões nos pés e tornozelos ao correr de mau jeito. Pular corda não apenas melhora a coordenação dos pés, mas também aumenta a força nos músculos ao redor da articulação do tornozelo e no pé, diminuindo a chance de lesões nessas áreas.

 

De acordo com o Jump Rope Institute, “pular corda ensina os jogadores a ficarem na ponta dos pés, em vez de se apoiarem nos pés chatos ou nos calcanhares. E, como você fica atento o tempo todo em que pula corda, vai ter mais facilidade em se mover com leveza quando estiver jogando tênis, como uma segunda natureza.”

 

 

3. Queima MUUUITAS calorias

Pular cordas queima mais calorias do que correr, se levar em conta o mesmo tempo despendido. De acordo com o Science Daily, “Este exercício aeróbico pode atingir uma taxa de queima de até 1300 calorias por hora de atividade intensa, com cerca de 0,1 caloria consumida por pulo. Dez minutos pulando corda podem ser considerados o equivalente a correr 1.7 km em oito minutos.

 

 

4. É super divertido, e pode ser feito onde for

Uma corda pode ir a qualquer lugar com você. Leve para o trabalho, leve para a escola. Faça um aquecimento antes do jogo de basquete ou após um passeio de bicicleta. Aprenda a fazer truques e pule em dupla com seus filhos ou faça competições entre você e sua família.

 

 

5. Melhora a densidade óssea

O dr. Daniel W. Barry, professor assistente de medicina da Universidade do Colorado, em Denver, e pesquisador que estudou os ossos de idosos e atletas, diz que o melhor exercício para melhorar a densidade óssea é simplesmente pular. “Pular é ótimo, se você tiver força óssea para começar”, diz o dr. Barry. “Você nem precisa fazer muito”. (Atenção: se você tem histórico pessoal de fraturas ou histórico familiar de osteoporose, consulte um médico antes de pular corda.)

 

De acordo com o The New York Times, “em estudos no Japão, fazer os ratos pularem 40 vezes na semana aumentou significativamente a densidade óssea após 24 semanas, um ganho que eles mantiveram pulando apenas 20 ou 30 vezes por semana depois disso.”

 

 

6. Melhora a saúde cardiovascular

Segundo o instituições competentes, pular corda é altamente recomendado para o condicionamento aeróbico. Para aumentar a saúde do coração e dos pulmões, você deve fazer isso três a cinco vezes por semana, de 12 a 20 minutos por vez.

 

 

7. Melhora a eficiência respiratória

Além de melhorar a saúde e a resistência do coração, pular corda também melhora a capacidade respiratória. Isso ajuda a realizar outras atividades, porque você não ficará sem fôlego depois de correr pela quadra ou nadar na piscina.

 

 

8. Pular corda te deixa mais… inteligente

Acredite se quiser, pular corda pode torná-lo mais inteligente! O salto ajuda no desenvolvimento dos hemisférios esquerdo e direito do cérebro, o que melhora ainda mais a consciência espacial, melhora as habilidades de leitura, aumenta a memória e deixa você mais alerta.

 

Saltar sobre as pontas dos pés exige que o corpo e a mente façam ajustes musculares neurais para compensar o desequilíbrio. Como resultado, o salto melhora o equilíbrio e coordenação, tornando-os dinâmicos, e aprimora os reflexos, densidade óssea e resistência muscular.

 

 

9. Te ajuda a ficar calmo

Como estão trabalhando o cérebro e o corpo ao mesmo tempo, os boxeadores que pulam corda acabam sendo mais calmos do que aqueles que não o fazem. O Instituto Jump Rope atribui isso à perspectiva biomecânica. “À medida que dissecamos mais esse exercício e o visualizamos de uma perspectiva biomecânica, ele representa um movimento composto que combina um movimento circular com um momento angular. O corpo se assemelha a um projétil, sujeito a todas as leis que regem o movimento de um projétil, enquanto a corda se torna um volante dinâmico sujeito a todas as leis que regem o movimento rotativo. É na coordenação síncrona e harmoniosa desses movimentos que colhem-se os benefícios. ”

 

Pular é estar em sincronia com o corpo, mente e a corda, e isso pode realmente ajudá-lo a ficar mais calmo em outras situações.

 

Pegue uma corda de pular e entre de cabeça nessa. Você vai se surpreender com todos os benefícios que vai sentir, a curto e longo prazo.

Isabela Ramirez
NUTRICIONISTA/ Formada pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto em 2011