in ,

Remedio para emagrecer rapido e barato em uma semana

Remédio para emagrecer: os mais usados para perder peso

Remédios caseiros para emagrecer

 

Muita gente está em busca do remédio para emagrecer rápido. Em uma semana, você já pode perder peso! Esse emagrecimento rápido é interessante para quando, por exemplo, você tem uma festa de formatura para ir, ou quem sabe o natal está chegando e você quer caber naquela roupa especial. Apesar de não recomendarmos emagrecimento rápido, por não ser sustentável, pode ser que perder peso seja o pontapé inicial para te dar a motivação para adotar um estilo de vida saudável. Embora emagrecer um montão em apenas cinco dias seja improvável, adotando as mudanças que trazemos neste artigo te farão sentir mais leve, e talvez perder peso.

 

Mas não vacile! Essa dieta é feita para apenas CINCO dias. Não ultrapasse esse limite, porque ela pode se tornar prejudicial à sua saúde.

 

Qual é o remédio que emagrece mais rápido?

Remedios para emagrecer rapidamente em uma semana:

 

 

1. Adaptar sua dieta é o remédio para emagrecer rapido

 

 

 

  • Corte as calorias.

 

 

Não tem jeito. Para perder peso, você vai precisar diminuir a quantidade de calorias que come.

 

Geralmente, cortar umas 500 calorias por dia já trará resultados satisfatórios – até 1kg perdido por semana. Mas se você quer perder 2,5 kg em 5 dias, vai precisar cortar muito mais do que isso.

 

A maioria dos profissionais de saúde não recomenda reduzir a sua ingestão diária para menos que 1.200 calorias. É provável que, comendo tão pouco, você não consiga todos os nutrientes que precisa diariamente.

 

Por isso é importante não seguir uma dieta dessas por muito tempo. É provável que apenas cinco dias de extrema restrição calórica não traga muitos efeitos colaterais. Esses efeitos costumam incluir cansaço, fadiga, dor de cabeça, confusão mental e falta de energia.

 

Sempre, sempre, mas sempre fale primeiro com seu médico antes de entrar em qualquer dieta. Isso é especialmente importante ao se tratar de um regime de baixíssimas calorias. Tenha supervisão médica!

 

 

  • Manere nos carboidratos

 

 

Estudos mostram que o jeito mais rápido de emagrecer é restringir os carboidratos, seguindo uma dieta low carb. Ela ajuda a perder gordura, ao mesmo tempo em que também expurga um pouco de peso da água retida no seu corpo. Embora não seja o regime ideal para o longo prazo, seguir esse plano por cinco dias é muito provavelmente seguro.

 

Em uma dieta com poucos carboidratos, também conhecida como low carb, alimentos como grãos, vegetais ricos em amido, laticínios e frutas têm que ser limitados.

 

É claro que não é ideal tirar todos os carboidratos da sua dieta – isso acabaria limitando demais suas fontes nutricionais, e seu corpo não receberia o que precisa para funcionar bem.

 

A chave é limitar os alimentos que são compostos majoritariamente por carboidratos, sem uma contrapartida interessante (ou seja, não fornecem outros nutrientes em quantidades boas). Por isso, grãos e vegetais ricos em amido costumam estar excluídos da dieta.

 

Se você sentir que precisa de mais carboidratos, tente comer apenas uma ou duas porções por dia, o equivalente a ½ xícara de grãos, ½ xícara de frutas ou 1 xícara de vegetais ricos em amido.

 

 

  • Foque em verduras e alimentos magros

 

 

Outro remédio para emagrecer rápido é substituir os carboidratos retirados por verduras e alimentos sem gordura. Por isso, escolha proteínas magras e vegetais pobres em amido.

 

Inclua uma porção ou dias de proteína magra em todas as refeições. Uma porção costuma ser de 90 a 115 g, ou o tamanho de um baralho de cartas. Alguns exemplos de proteínas magras são: ovos, aves, carne bovina magra, carne de porco, nozes e frutos do mar. Alguns derivados do leite e legumes com baixo teor de gordura também podem ser considerados proteína magra,  mas se eles tiverem muito carboidrato, evite-os mesmo assim.

 

A outra parte da sua refeição deve ser composta por vegetais pobres em amido. Tente comer pelo menos uma ou duas porções por refeição.

 

Alguns pratos que atendem a esses critérios são: salmão grelhado com uma salada de espinafre, legumes salteados com frango grelhado, ou com espaguete de abobrinha com almôndegas.

 

 

  • Beba líquidos o bastante

 

 

É super importante manter a hidratação – especialmente quando a intenção é emagrecer rápido. A idéia que beber menos água vai ajudar com a eliminação de água retida no corpo, e eliminar com isso peso, é um mito. O caminho é limitar as comidas salgadas, e beber bastante água.

 

Uma saúde boa depende de hidratação. A água mantém a temperatura do seu corpo, protege seus órgãos e lubrifica suas juntas.

 

A maioria dos profissionais da saúde indicam de oito a treze copos de água, ou outro líquido, por dia. É claro que essa quantidade varia de acordo com a idade, gênero e atividade física.

 

Além de ser essencial para manter a saúde em geral, beber água ajuda a perder peso. Acredita-se que beber de um a dois copos de água antes das refeições ajuda a diminuir a quantidade de comida consumida até a saciedade.

 

Para melhores resultados, tente consumir apenas bebidas sem caloria e hidratantes, como água, água saborizada, café sem açúcar e chá. Dispense sucos, bebidas esportivas, energéticos, refrigerantes e álcool.

 

 

  • Esqueça os lanchinhos

 

 

Se você estiver interessado em perder 2,5 kg em cinco dias, é melhor cortar ou limitar significativamente os lanches.

 

Embora eles possam fazer parte de uma dieta saudável, vai ser difícil perder 2,5 kg em cinco dias fazendo boquinhas fora das refeições.

 

Se você optar por fazer um lanche, escolha alimentos com mais proteínas e menos carboidratos, e mantenha-os nas 150 calorias ou menos. Isso vai ajudar a não ultrapassar o limite de calorias.

 

Boas opções de lanche incluem: 1 ovo cozido, 85 g de carne seca, 55g de queijo ou 1 barra ou shake protéicos.

 

 

  • Fique longe dos alimentos que causam gases

 

 

Alguns alimentos são mais propensos a causar gases ou inchaço. Embora isso não atrapalhe necessariamente a perda de peso, limitar esses alimentos pode ajudá-lo a se sentir mais magro.

 

Quando são digeridos, alguns alimentos causam a formação de gás. Isso pode fazer você se sentir ou parecer inchado, e ser ainda mais difícil entrar naqueles jeans justinhos.

 

Alguns desses alimentos produtores de gás são brócolis, couve-flor, couve de bruxelas, repolho, feijão, lentilha, alho e cebola.

 

Mascar chiclete ou beber bebidas gaseificadas também pode causar gases ou inchaço indesejados.

 

2. Não esqueça as atividades físicas

 

 

  • Faça 150 minutos de cardio toda semana

 

 

Além de restringir as calorias, você pode usar exercícios aeróbicos para aumentar o déficit calórico.

 

A recomendação é de 150 minutos de exercícios aeróbicos toda semana, preferencialmente através de cinco dias com 30 minutos de exercício cada.

 

Prefira atividades de intensidade moderada, daquele tipo que te deixa suado e sem fôlego, no final.

 

Alguns exemplos são: caminhada, corrida, natação, remo e aulas de dança.

 

Se for possível, sinta-se à vontade para fazer 300 minutos semanais. Não há limite máximo para exercício, desde que você não abuse e ultrapasse a sua capacidade física, especialmente considerando que seu corpo terá pouca energia a despender, em uma dieta de tão poucas calorias. Se você sentir algum efeito colateral, diminua a intensidade do exercício, ou pare. Se ficar pior, procure assistência médica.

 

 

  • Tenha um dia-a-dia mais ativo

 

 

Além dos exercícios cardio, é útil ser mais ativo no dia a dia, mudando o jeito como você faz suas atividades cotidianas para queimar mais calorias.

 

Geralmente, não queimamos muitas calorias nas atividades normais, diárias. Mas se você se esforçar, pode aumentar o esforço despendido nelas, e ver um aumento bom nas suas calorias queimadas.

 

Basta parar e pensar como você pode se mover mais, e ser mais ativo. Pode ser que isso signifique estacionar mais longe do seu destino, subir as escadas ao invés de usar o elevador, ficar em pé durante o trabalho ou fazer exercícios durante os intervalos comerciais da TV.

 

 

  • Tente treinamento intervalado de alta intensidade

 

 

O treinamento intervalado de alta intensidade é um tipo muito popular de regime de exercícios. Seguindo-o, você pode queimar mais calorias em menos tempo, e melhorar sua taxa metabólica no geral.

 

Geralmente, esses exercícios são mais curtos do que os exercícios de cardio normais (como corrida), e envolvem fases curtas de atividade muito, muito intensa, seguidas por fases de atividade moderada.

 

Esse regime é preferido por pessoas que já tem um condicionamento físico bom para sustentar atividades de alta intensidade, ou que são ativos fisicamente.

 

Você pode alternar atividades cardio, como por exemplo, alternar caminhada rápida com corrida, e corrida inclinada, em uma esteira.

 

 

  • Aposte em saunas

 

 

Muitas academias oferecem sauna a vapor, ou sauna seca, para seus clientes. Isso porque não só ajuda a relaxar os músculos e recuperar-se após um treino, mas também auxilia na perda de peso rápida.

 

Ao suar, você perde o excesso de peso de água. Isso pode mesmo ajudar na balança, ou pelo menos a reduzir a sensação de inchaço.

 

Só fique de 10 a 20 minutos na sauna a vapor. Mais que isso pode causar desidratação – e já conversamos sobre isso. Hidratação é essencial!

 

Usar saunas para emagrecer não é exatamente um método recomendado, então tome cuidado e use com moderação. O excesso de transpiração pode causar desidratação, o que é muito muito perigoso. Sempre beba bastante líquido depois das suas sessões na sauna.

Written by hello

Dieta para quem tem refluxo: Sintomas do refluxo, O que comer e o que evitar

Eu preciso emagrecer URGENTE! Dicas para quem precisa Emagrecer Urgente